Wired Protocol 7

Bem-vindo ao outro pequeno pedaço do Wired.

Sou eu próprio uma questão colocada ao mundo e devo fornecer a minha resposta, caso contrário, estarei reduzido à resposta que o mundo me der.

Carl Gustav Jung
We Ranked Anime's Top 10 Static Shots of Power Lines With Cicada ...

Se este artigo parece estar em constante fluxo, é porque é.
É uma entidade misteriosa, anômala, inconstante. Tem uma descrição, alguns podem chamá-lo de Mebious.

Podes ver que Mebious não está no dicionário. Contudo, está em todos os dicionários já feitos. Mas esta afirmação extraordinária requer alguma explicação.
Mebious não parece aparecer lá porque apenas aqueles que percebem que está lá reconhecem isso.
Pela sua natureza, a própria definição da palavra muda. Por esse motivo, apenas aqueles que já conhecem sua definição podem entender.
Não é um segredo muito bem guardado. Não é de todo um segredo, é apenas um fenómeno inexplicável de pouca importância.
Aqueles que sabem disso não te dirão porque tal coisa te assustaria. Imagina uma palavra que está para além da sua impossível compreensão.
Uma palavra que simultaneamente não se manifesta diante dos teus olhos, mas detém uma verdadeira forma.
Um pensamento aterrorizante, de facto. Ameaça todos os preconceitos da perceção.
Mas como essa palavra não é exigida pelo povo, os sinónimos que fazem sentido lógico existem e tomam o seu lugar.
Com essas palavras, qualquer conflito é evitado. Alguns podem perguntar como é que o Mebious foi descoberto. Este é o maior segredo.
Eu só posso dizer a razão de as pessoas se apegarem a isso, é porque eles buscam a verdade.
A palavra tornou-se o melhor meio para aqueles que buscam todas as formas de conhecimento, mas percebem que não sabem tudo.

Se procuras a verdade, procura e encontra Mebious.

Com base na difusão da Internet nos meados dos anos 90, é criado Serial Experiments Lain, o anime aborda uma postura mais descritiva sobre a relação entre o que há dentro e fora de uma rede virtual simulada.
Existem animes que são simplesmente feitos para o prazer de entretenimento e há animes que ultrapassam os limites da imaginação humana, tais como o Serial Experiments Lain, este se enquadra na última categoria e por esta razão este anime se destaca como um verdadeiro clássico. Serial Experiments Lain puxa noção percebida do que pode ser feito com a televisão como um meio. O anime não oferece apenas entretenimento, ele fornece uma visão, pontos de vista profundos e crenças sobre tecnologia e do papel que desempenha na sociedade.

Konaka, originalmente um escritor de horror, iniciou o roteiro de Serial Experiments Lain com uma história ao seu estilo: um e-mail de uma garota suicida chega dias após sua morte. No dia seguinte, os alunos recebem um e-mail da aluna falecida e, ao princípio, acham de que se trata de um e-mail de spam, mas não é o caso. Praticamente o anime roda à volta de metáforas, a rede simulada conhecida como Wired, uma metáfora à Internet mas numa versão mais avançada. A protagonista passa a se interessar por tecnologia após ter recebido o email em tempo real, o seu paradoxo começa a sofrer bifurcações entre a realidade e o virtual. Os eventos sucessivos são conspirações duvidosas que a levam a entrar no mundo do Wired. A partir do momento em que se estabelece no mundo do Wired, a relação de Lain com as amigas muda, até mesmo a sua postura tímida e insegura, se torna ousada e despreocupada. Como foi dito neste mundo existe muitas metáforas, Lain, mesmo não sendo muito ágil com a tecnologia, tem seu NAVI (computadores de alta potência projetados para aceder ao Wired com facilidade) infantil substituído por um outro, adulto e mais potente, que corre o Copland OS (sistema operacional), têm um Pocket Navi (telemóvel inteligente).
Lain Iwakura é uma personagem interessante para dizer o mínimo e, por mais que eu queira dar spoilers, não irei. A Lain apresenta-se como uma rapariga anti-social, ela é muito tímida e não demonstra nenhuma emoção.
Com o passar do tempo a Lain Iwakura é convidada por umas colegas da escola para ir ao e Cyberia (uma boate representando literalmente como se dava a relação das pessoas no ambiente   onde “todo o tipo de pessoa frequentava” como é comum encontrar-se de tudo no mundo virtual de hoje). A relação de Lain com as amigas é o único ponto que mantém o seu discernimento entre o que é o virtual e o que é real.

A cada episódio, um tema em específico é adotado e durante todo o episódio é apresentado, mas de forma metafórica (simbólica) e a história nem sempre têm os pés assentes na terra, portanto o visualizador terá que viajar com ela. Não podes simplesmente esperar que as coisas aconteçam de uma forma lógica. Às vezes são uma neurose total e de repente, tudo volta ao normal, é como uma linha do tempo em realidades alternativas acontecendo na mesma frequência em diferentes atos. O primeiro episódio (Layer 01), com o nome de Weird, começa com o suicídio. É com este tema pesado que se inicia este anime tão complexo.

Serial Experiments Lain não depende muito de elementos orquestrais e nem precisa. A atmosfera já dá um tom fenomenal. E há sons sinistros subtis de vez em quando.

A paleta de cores principal que o Serial Experiments Lain usa é mais o preto, roxo, vermelho e amarelo. As sombras consistem basicamente na maioria das cores listadas acima. Para a época, o estilo de arte em geral é ótimo.

Mas, o que é arte realmente? Arte é aquilo que te toca, que te provoca algo. É o que te faz sentir e/ou o que te faz pensar, é o que te define. A arte não precisa ser bonita, ou feia, nem precisa mesmo de fazer sentido, é algo que é para lá do além. É algo que é impossível de explicado, é que também não é impossível de ser explicado, é como se tivesses de explicar sentimentos invisíveis. Por exemplo, quando eu digo palavra “amor” o que é que te vem à cabeça? Talvez memórias que se correlacionam com o sentimento, e com a palavra.

A autêntica arte consegue tocar em cada um de uma forma única. É consciente e inconsciente, e realista quando não conseguimos vislumbrar a beleza que está à frente dos nossos olhos, ou a fealdade.

Arte é algo mutável ao longo dos tempos, mesmo quando não se modifica, quando uma obra se mantém atual, ela ganha novos sentimentos, perspectivas, e muito mais, correto? Ganha-se uma nova visão.

Com apenas 13 episódios de cerca de 20 minutos cada, a obra é uma mistura artística introvertida que é influenciado por temas filosóficos como realidade, identidade e comunicação. Essas são as chave que tornam o Serial Experiments Lain um excelente anime. Com o Serial Experiments Lain sendo um anime tão profundo e confuso, às vezes podes te sentir perdido e que tens de tentar recuperar a compostura, recuperar os teus pensamentos. Algumas partes podem não fazer sentido no início, mas depois de um episódio ou mais tarde, as coisas vão começar a fazer sentido ou vai perceber algo de um episódio anterior e lentamente juntar as peças. Como um todo, eu realmente gostei de Serial Experiments Lain, posso dizer que é o meu anime favorito.

Recomendação de leitura:
Dissertação de Mestrado de Bianca Faria da Cunha Côrte-Real: Serial experiments lain’s body: o corpo enquanto fronteira entre o físico e o virtual